TROVADOR DAS ALTEROSAS

PROSA E VERSO

Textos


MULHERES 03


Õ Trovador e a boca, de quem vai pegar?
Nós vamos olhar por aí e ver de quem é,
A boca a roubar, a que acabou de sentar?
Não, prefiro daquela outra que está de pé.

Aí aproveita então para roubar o sorriso...
Vou roubar uma das três meninas do sul,
A do meio, ela ri como mulher sem juízo...
Não, prefiro a de Minas a de vestido azul.

Duas ali. Roube o pé a do sapato pequeno
Roube as pernas da que carrega uma sexta,
As mãos pegue da que tem o olhar sereno
O sapato pequeno... Correr risco? Cê Besta.

Õ trovador falta os olhos e o mamazinho,
Miro esta é fácil, em São Paulo tá sobrando,
Sem nome, roube, mas fique bem quietinho,
Ali sempre tem alguém que está olhando.

Faltam as zonas erógenas e dunas rebitadas
Não pode faltar, ali tem todos os encantos mil,
Não Miro estas aí cara, já são favas contadas
É conjunto, peguei da novata todo o quadril.

Então completou, roubou tudo que queria.
Miro tem de ter mulher quatro pra terminar...
Agora é lavar as peças com rimas e poesia
Depois preparar pra a montagem e finalizar.


Está certo ainda tem mulher 04


 
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 13/02/2018
Alterado em 13/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras