TROVADOR DAS ALTEROSAS

PROSA E VERSO

Textos


INTERAÇÕES 107

07/02/2018 14:31

TALVEZ HOUVESSE AMOR.

Não ficou tão despercebido
Quando estava de passagem...
Ele apenas ficou meio inibido
Com toda a beleza da imagem.

Inda assim se fez presente
Jogou naquela rifa e perdeu,
Se magoou, mas ficou silente
E sua decepção, ele escondeu.

Encheu de rosas um cestinho
Deixando ao luar sob a janela,
Despedida para seguir caminho
Como prova de todo o carinho
Que havia sentido por ela.

Paralelas são constantes,
Os caminhos bifurcantes.

Para o texto: POEMA DESPROVIDO DE AMOR (T5856276)
De: Lilian Vargas



07/02/2018 17:02

Poema para uma pessoa querida
Que nosso caminho plantou flor
Encheu de carinho a nossa vida
Se tornando nosso grande amor.

Para o texto: Amo-te assim, (T6247145)
De: Mary Jun



07/02/2018 19:52

Perdeu a janta seu lobinho
Jacaré é uma covardia,
Se salvou o pobre coelhinho
Lobo e barriga vazia.

Para o texto: TROVAS - Bichos Matreiros - inf. 71 (T6241883)
De: Maria do Céo Corrêa



08/02/2018 12:51

TALVEZ OU CERTO.

A poesia fica escondida
No âmago da inspiração,
E mostra ainda ter vida
Se abrirmos o coração.

Mas nem a todos indulta
A alguns ela espezinha,
Assim permanece oculta
Silente nas entrelinhas

Cabe então a este leitor
O imo do verso observar,
Para ver se ali está o amor
Que ele anda a procurar.

Para o texto: ÉS TU A INSPIRAÇÃO! (T6248403)
De: Lilian Vargas



09/02/2018 16:12

Este tempo mata a gente
Provoca nosso tropeço,
Nos muda a gente sente
Revirado pelo avesso.

Para o texto: FERNANDA XEREZ &+ interações com a mestra HLuna (T6242032) De: Jacó Filho



09/02/2018 16:30

Saber disto é que me dói
Não ter exito garantido,
Por só termos um herói
Lutando contra bandidos.

Para o texto: AMOR EXPLÍCITO &+ interações com a mestra Maria Augusta da Silva Caliari (T6244711)



09/02/2018 16:41

Um veneno bem sucinto
Que bichos vão engolir,
Enquanto agem por instinto
Os sábios querem destruir.

Para o texto: AMOR ESPECIAL - Replicando a mestra Maria Augusta da Silva Caliari (T6244734) De: Jacó Filho



09/02/2018 16:55

Vida como nave e luz
Um grande milagre tê-la,
Ela sempre nos conduz
Na direção das estrelas.

Mestre, esta é para os anais da história, um verso mais que verso, uma frase muito bela. "A vida é uma nave pessoal, que nos leva a eternidade." Parabéns grande poeta. Um abraço paz e luz.

Para o texto: "UM PARA O OUTRO" &+ interações com o mestre Misrael (T6245437) De: Jacó Filho



09/02/2018 17:16

Aproveitando o enredo
Antes que uma chuva caia,
De São Paulo tenho medo
Tô em casa no Araguaia.

Para o texto: Entre São Paulo e Goiás &+ interações com a mestra Heloísa Mamede (T6246435) De: Jacó Filho



09/02/2018 17:31

Aconteceu foi comigo
Eu nem era um ativista,
Dando duro no castigo
Ela quieta lendo revista.

Dei-lhe o tapa no toitiço
Gritei pare Rosicler,
Preste atenção no serviço
Ou não te pago mulher.

Para o texto: Quando a paixão não passa &+ interações com o mestre Marcus Rios (T6249206) De: Jacó Filho

 
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 10/02/2018
Alterado em 10/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras