TROVADOR DAS ALTEROSAS

PROSA E VERSO

Textos


INTERAÇÕES 42

03/08/2017 11:12

Feminino e masculino
O PT manda que ensina,
Menino só com menino
menina só com menina,
Vamos juntar um e uma
Antes que vire sina
Se capricho da natureza
Claro ninguém recrimina.
Mas ensinar é malvadeza
Dê tempo que o tempo ensina.

Para o texto: Feminino e Masculino (T6071054)
De: Lilian Vargas



03/08/2017 11:42

A vida é feita de amor
Mas tem quem o repudia
Tira da vida sua cor
E tira também a poesia.

Para o texto: AMAR PALAVRA LINDA (T6072747)
De: Marcus Rios



04/08/2017 20:42

Isto me deixa estrambótico
Aqui se criou uma rebordosa,
O nosso mestre mago erótico
Fez uma pergunta capciosa.

Mestre Fábio lhe dialogou
Mas deu só ponto de vista,
É fera... Não experimentou
Ele é poeta e proctologista.

Sinto muito mas não poderia
Deixar meu poeta numa fria.

Para o texto: Veado (T6074413)
De: Mago Erótico



04/08/2017 20:54

Sou displicente
Esqueci,
Cheiro, diferente?

Para o texto: Uva e Vulva (T6073153)
De: Fábio Brandão



04/08/2017 22:19

Como sempre mestre Jacó
Espalhando sua alegria,
Nunca deixa um poeta só
Sempre nos faz companhia
Valorizando nossa poesia
Versando e desfazendo nó.

Marcus Rios (T6068988)
De: Jacó Filho



04/08/2017 22:49

Tanto dinheiro roubado
Quebraram e não tem conserto,
O Brasil sendo saqueado
A nação passando aperto.

Para o texto: Amor e dinheiro gritam &+ interações com o mestre Paulo Miranda (T6073876)
De: Jacó Filho


05/08/2017 15:50

LOUVOR AO POETA

Ansilgus poeta e parceiro
Aqui nesta exaltação,
Homenageia o companheiro
Que merece tal distinção,
Como o amigo se coloca
Recebendo como cicerone.
O poeta Carioca
Sonetista de renome.

Na prosa meti o nariz
Mesmo sem ser convidado,
Convite eu mesmo fiz
Por admirar o falado,
E porque sempre me toca
Poemas que levam seu nome.
O poeta Carioca
Sonetista de renome.

O carioca aqui descrito
Poeta jovem e promissor,
Sabe como dar seu grito
Nos seus textos de valor,
Nos temas que ele enfoca
Leitor com gosto consome.
O poeta Carioca
Sonetista de Renome.

Bom poeta namorador
A mulherada balança,
Garoto conquistador
Com sorriso de criança,
Que as meninas provoca
Se quiser ele mata a fome.
O poeta Carioca
Sonetista de renome.

Sempre leva uma minhoca,
Quando ele vai pescar só
Arrebenta com a taboca
Na correnteza dá nó
E busca o peixe na loca,
Limpa a escama assa e come.
O poeta Carioca
Sonetista de Renome

Ansilgus peço desculpa
Por entrar na brincadeira,
Sabe que não tenho culpa
E gosto de fazer zoeira,
Nunca enjeito a potoca
Mesmo sendo que embrome
O poeta Carioca
Sonetista de renome.

Sendo amigo dos dois mestres
Não vou deixar de dar alô,
Fazendo versos campestres
Tento ajudar neste complô,
E para não dar fofoca
Versamos só o codinome.
O poeta Carioca
Sonetista de renome.

 
Grande mestre Ansilgus, os poetas do recanto merecem toda as homenagens. De vez em quando demonstramos a alguns este apreço numa homenagem mais selecionada e desta vez o fizeste à este moço, poeta e bom amigo que é tão benquisto e tanto contribui para fazer desta Recanto este oásis de paz onde à poesia une os amigos e nos faz melhores. Um abraço mestre.

Para o texto: CORDEL – Mote – O Poeta Carioca – Sonetista de renome – 31.07.2017 (PRL) (T6070051)
De: Ansilgus



05/08/2017 17:00

VERSOS BONITOS 02

Pois é, menina mulher!
Às vezes sem esperar,
Um como, quer não quer,
Acabamos por mergulhar.
E versos veem dançando
Como agulha espetando,
Invadem lugar restrito...
Aí nós vamos afundando
Nossa mente vai rodando
Neste mundo tão bonito...
A alma vai se encantando
Nosso coração desejando
Ter este verso escrito.

Para o texto: 
Versos Bonitos (T6073715)
De: 
Patricia Justino
Trovador das Alterosas
Enviado por Trovador das Alterosas em 05/08/2017
Alterado em 08/08/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras